Skip navigation

O mês de agosto se arrasta, pérfido como uma cobra. Vem deslisando, coleando insidiosamente dia após dia. Tomara chegar logo setembro. Inventei que vou pesquisar o romance gótico. O sobrenatural sempre me instigou. Tenho um gosto especial pelos vampiros. A morte me atrai. É claro que a respeito e a temo. Tomei umas quedas de moto e o que prevaleceu foi o instinto pela sobrevivência. Hoje penso até em vender a moto. Mas neste caso o medo maior não é da morte em si, e sim de ficar em cima de uma cama. Isso é pior que a morte, acredito. Mas como dizia, o romance gótico poderá ser objeto de pesquisa, de minha parte. Todos aqueles elementos sobrenaturais, toda aquela fantasia ajuda a aliviar o peso da realidade. A realidade nos toma para si, e nos leva como se estivéssemos numa montanha russa. Ou ficamos e aceitamos o trajeto ou nos jogamos para o desconhecido. Todas as duas opções envolvem algum tipo de agonia. Ninguém pense que o existencialismo não cobra lá suas taxas. Então surge a necessidade da fuga. A fantasia literária é uma boa. Vamos tentar. É preciso tentar. Ou não é?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: